Como a Escrita pode te Ajudar a Atravessar Momentos Difíceis?

13/05/2020

Você sabia que a escrita pode te ajudar nesses momentos difíceis?

Estamos vivendo um momento difícil em nosso país. Em meio às dificuldades diárias, da dor, do isolamento, a escrita torna-se um refúgio. Escrever sobre o que pensamos e sentimos é necessário para compreender o que estamos vivenciando.

Durante este período de isolamento, a escrita tem sido uma grande aliada na compreensão dos meus sonhos, do meu autocuidado, nos meus objetivos e metas. Quando escrevo, me permito me silenciar para ouvir o meu interior, o que posso fazer por mim de melhor, quais são as prioridades em minha vida no momento atual.

Separe um caderno, e durante este período separe um tempo para escrever diariamente. Escreva o que você está sentindo, pensando durante esse período. Escreva sobre suas motivações, sonhos e esperanças... Escreva sobre o que te mantém em paz, e o que está difícil de lidar...

Separe um tempo para escrever todos os dias e de preferência no mesmo horário. Atente-se a escrita e permita que as suas mãos e a sua mente te levem para o processo. Porém, silencie os sabotadores que te dizem que nada do que você escreve é bom. Esqueça eles. Na escrita terapêutica, o foco não é a ortografia, gramática ou perfeição. É o autoconhecimento. E muitas vezes ele vem como o inconsciente: desorganizado, sem sentido, profundo e tudo bem.

A escrita pode nos ajudar a atravessar momentos difíceis. Lembre-se que no papel não encontramos julgamento, mas acolhimento. No papel podemos reescrever a nossa história e mudando a nossa forma de narrá-la, podemos mudar a nós mesmo. Observe os seus pensamentos, são eles que despertam as nossas emoções e nos levam aos nossos comportamentos.

Talvez você vá se surpreender com a quantidade de benefícios por trás da escrita terapêutica. Por isso, se você quiser se aprofundar na escrita,  é só conhecer um pouco mais do meu Atendimento  Individual de Escrita Terapêutica. Através do atendimento, de forma direcionada, você vai poder exercitar a escrita terapêutica através de diferentes exercícios e de acordo com os seus objetivos. Não deixe de conferir e clique aqui para conhecer um pouco mais do mundo da escrita! 

Com Carinho,

Thalita Gonçalves.